Doutor na casa filmes

Assistir Filme A Casa que Jack Construiu Online Legendado Completo em HD. Um dia, durante um encontro fortuito na estrada, o arquiteto Jack (Matt Dillon) mata uma mulher. Este evento provoca um prazer inesperado no personagem, que passa a assassinar dezenas de pessoas ao longo de doze anos. Na trama de A Entidade, um autor de livros policiais (Hawke) luta para encontrar a história do seu próximo livro e se muda com sua família... Os 33 (Dublado) 12:45 Pobreflix - O melhor site para você assistir filmes e séries online gratuitamente, sem propagandas chatas e compatível com seu celular e sua Smart TV. Torrent Filmes HD e Séries Torrent Especializado em BluRay Compactado 1080p - 720p - 3D - MKV - MP4 - 4k Sem Anúncios. Dado o sucesso de Doutor Estranho, ... Todos os filmes são, de certa forma, conectados, o que já ajuda a deixar perguntas em aberto. ... La Casa de Papel: 10 filmes de crime para quem ama a série. Top Filmes Mulan Torrent (2020) Dual Áudio 5.1 / Dublado WEB-DL 720p e 1080p FULL HD – Download Superman: Homem do Amanhã Torrent (2020) Dual Áudio 5.1 / Dublado WEB-DL 720p e 1080p – Download Ladrões entram em um museu e danificam a pintura Borrachos de Velázquez. O museu pede para Dr. Mann restaurá-lo. Mas o restaurador é um dos criminosos, e aproveita para substituir o quadro por uma cópia. Além disse tem diversas mulheres raptadas em seu castelo. Enquanto isso, o lutador e agente secreto mexicano Santo é convidado para fazer alguma lutas na Espanha, mas as autoridades o ... Assistir Filmes Online, Séries Online, Filmes Grátis. Lançamentos 367 Filmes; Séries 281 Séries; Novos Filmes 1667 Filmes; Ação 479 Filmes; Animação 176 Filmes; Animes AniBR; Aventura 257 Filmes; Comédia 379 Filmes; C. Romântica 18 Filmes; Drama 722 Filmes; Fantasia 248 Filmes; F. Científica 233 Filmes; Guerra 42 Filmes; Policial 120 Filmes; Romance 137 Filmes; Suspense 421 Filmes ... Filmes e séries nas plataformas de streaming em agosto de 2020 ... Doutor Sono. Na sequência do clássico O ... um homem na casa dos 40 anos ainda traumatizado com os eventos sobrenaturais que ... Você pode acessar o catálogo de filmes do Festival Varilux em Casa no site do Looke. É preciso fazer um cadastro na plataforma. Leia mais: Este é o nosso ranking dos 22 filmes do Studio Ghibli ...

[+2000 WORDS] - Wall Of Brazilian Rage

2020.06.15 05:01 CrazyNectarine [+2000 WORDS] - Wall Of Brazilian Rage

A kind of copypasta/flamewar that I made in 2 hours.

[TEXT]
ESCUTE AQUI O SEU FILHO DA PUTA A.K.A. FILHO DE UMA BOA E GRANDE QUENGA A.K.A. FILHO DE UMA VADIA E ARROMBADA RAPARIGA A.K.A. CHUPADOR DE OVOS PROFISSIONAIS E DEGUSTADOR CONSTANTE DE ESPERMAS EQUINAS E CAPRINAS. SEU ESTUPRADOR DE CABRA E ACASALADOR DE MACACOS DO CARALHO, VOCÊ ACHA QUE PODE FALAR QUALQUER MERDA DE MIM PELA INTERNET E SAIR IMPUNE, SEU DESGRAÇADO? PENSE 2 VEZES, MOCINHA. ASSIM QUE VOCÊ EXPELIU ESSA COLEÇÃO FÉTIDA DE ADUBOS QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTA DE APARENTEMENTE INTITULAR COMO "ARGUMENTO" OU "PALAVRAS", COMO O VERDADEIRO LIXO TÓXICO E RADIOATIVO QUE VC É, SEU ENDEREÇO JÁ ESTÁ SENDO RASTREADO, DIVULGADO PÚBLICAMENTE EM UM SITE DA DEEP WEB RECHEADO DE MANÍACOS, SERIAIS KILLERS, PEDÓFILOS, MEMBROS DE GANGUE, ASSALTANTES DE BANCOS E NAZISTAS QUE, MAIS TARDE, BATERAM NA SUA PORTA, E VÃO TE BOTAR DENTRO DO PORTA MALAS DE UM CARRO, TE LEVAR PRA UM LUGAR DESERTO, E TE TORTURAR PINGANDO VELAS, APAGANDO CIGARROS, CHARUTOS E BECKS DE MACONHA, JUNTAMENTE COM UM MAÇARICO NA SUA PELE, SEU MISERÁVEL DO CARALHO!!!! A SUA PELE VAI FICAR IGUAL A DO FREDDY KRUEGER DE TÃO QUEIMADA QUE ELA VAI FICAR!!!! NO FIM DA TORTURA, VOCÊ VAI SER AFETADO TANTO PSICOLOGICAMENTE, TANTO COMO MENTALMENTE, TANTO COMO FISICAMENTE E INTERNAMENTE, QUE VOCÊ NÃO VAI NEM LEMBRAR DE NADA DO QUE ACONTECEU PRA FALAR SUA POLÍCIA, SEU VERME RASTEJANTE INGERIDOR DE LAMA QUE MORA NO CHIQUEIRO, CHEIRADOR DE COLA DO CARAMBA!!!! VOCÊ MEXEU COM A PESSOA ERRADA, POIS IREI PENETRAR, DESTRUIR E DESABAR TODA SUA INFRAESTRUTURA LENTAMENTE MAIS DO QUE AS TORRES GÊMEAS DESABANDO EM 11 DE SETEMBRO DE 2001 APÓS OS 2 BOEINGS 747'S COLAPSAREM NELAS, Ô SEU FILHO DE UMA PROSTITUTA COM MARCA DE ESPERMA NO SOFÁ, BAFO DE ROLA JAMAICANA, AFRICANA E NIGERIANA NA BOCA CHEIA DE HERPES E PELE INFECTADA COM SIFILIS E CATAPORA, SEU MALDITO SALAFRÁRIO, EU VOU TE MASSACRAR TANTO, COMÉDIA, QUE EU VOU PARTIR SEU CÉREBRO NO MEIO COM UM CUTELO E SERVIR ELE PARA OS MEUS PITBUIS DE ESTIMAÇÃO QUE ESTÃO FAMINTOS E SÃO FORTES SUFICIENTES PARA DERRUBAR UM TOURO, SEU AMALDIÇOADO DO CAPETA, PESO MORTO NA TERRA E DESPERDICIO DE OXIGÊNIO NA HUMANIDADE E ESCÓRIA DA SOCIEDADE!!!! SUA MÃE ENFIA UM FUZIL KALASHNIKOV DA AK 47 NO MEIO DA BUCETA DELA, APERTA O GATILHO ATÉ A MUNIÇÃO ACABAR, E AINDA PEDE PRA ENFIAR UM TANQUE DE GUERRA NO CÚ DELA, SEU FILHO DA PUTA! SEU PAI É UM VELHO ESTÉRIL BARRIGUDO QUE TEM UM CAROÇO NO MEIO DO UMBIGO PARECENDO UMA AZEITONA, SUA MÃE É UMA ANÃ, CHEIA DE UNHA ENCRAVADA, UMA MORCEGO QUE ESPIRROU E ORIGINOU O CORONAVIRUS, TAMBÉM CONHECIDO COMO COVID 19, SEU AGENTE PATÓGENO CAUSADOR DE MICOSE DO CRL!!!! APOSTO QUE VC NEM TEM SANGUE CORRENDO NAS SUAS VEIAS, MAS SIM PUS OU LODO, SEU EX PACIENTE DE SANATÓRIO DO CARALHO!!!! PEDIR DESCULPAS PRA MIM NUNCA SERÁ O SUFICIENTE, SEU FILHO DA PUTA COM UMA CABEÇA DE ELEFANTIASE E TÚMOR PARECENDO ATÉ UM CAPACETE DE MOTO MISTURADO COM O DE ASTRONAUTA!!! VOCÊ TERÁ QUE CHEIRAR MINHA VIRILHA, LAMBER ELA, DEPOIS AJOELHAR NO MEU PÉ, LAMBER MINHAS FRIEIRAS, E BEBER MEU MIJO ENQUANTO DEVORA A MINHA BOSTA, TODA VERDE, COM RESQUICIOS DE MILHO, CENOURA E CAROÇO DE FEIJÃO DENTRO, SEU DESGRAÇADO. MAS AINDA ASSIM, NÃO SERÁ O SUFICIENTE. VOCÊ TERÁ QUE ANDAR PELADO NO POLO SUL, ANDAR AGASALHADO IGUAL UM ESQUIMÓ, CHEIO DE TOCA DE MEDUSA NO DESERTO DO SAARA, ESCALAR O MONTE EVEREST E O VULCÃO DO KILIMANJARO SEM EQUIPAMENTO NENHUM, IR NUMA FLORESTA DO CONGO, MATAR UM GORILA COM SUAS PRÓPRIAS MÃOS, TENTAR PULAR NUM VULCÃO E SOBREVIVER, SEU MOLEQUE, PIVETE E PIRRALHO DO CERTO!!!! VOCÊ NEM UM SER HUMANO RACIONAL DEVE SER, ESTOU CERTO, CABAÇO? VOCÊ DEVE SER UM ANUNNAKI OU UM HOMÚNCULO, SEU EXTRATERRESTRE MECÂNICO E ARTIFICIAL, ABOMINÁVEL, FRAUDE DO CARALHO!!!! TÁ ACHANDO QUE ISSO ACABOU???? ESTÁ COMPLETAMENTE ENGANADO!!!! VOCÊ É UM VIRGEM PERDEDOR QUE É TÃO FEIO E DESFIGURADO QUE SAIU NA RUA E O POVO COMEÇOU A TE PERGUNTAR SE ERA DIA DAS BRUXAS PRA VOCÊ "TÁ USANDO A FANTASIA DO PRÓPRIO DIABO", E VOCÊ, COMO UMA BOA MENININHA E LÍDER DE TORCIDA, CUJO O ESPÍRITO É TÃO FORTE COMO UM PAPEL, DERRAMOU SUAS LÁGRIMAS NA FRENTE DAS PESSOAS, E FOI MOTIVO DE PIADA MAIS UMA VEZ, SEU VICIADO EM NARCÓTICOS E DROGAS!!! E SE VOCÊ NÃO FOR VIRGEM, SAIBA QUE A SUA NAMORADA JÁ RODOU PRA TODO MUNDO DO BAIRRO, A BUCETA DELA PARECE O POÇO EM QUE A SAMARA SAÍA NAQUELE FILME DE TERROR, ISSO SE ELA NÃO FOR AINDA MAIS FUNDO, E PARECER, NA VERDADE, COM AQUELE ABISMO QUE UM CANIBAL JOGOU O CARA NO PÂNICO NA FLORESTA, SEU IMBECIL IDIOTA DE MEIA TIGELA!!!! A BUCETA DESSA SUA NAMORADA PEITO CAÍDO E BUNDA DERRETIDA É TÃO VELHA QUE TEM TEIA DE ARANHAS GRUDADA NELA, IGUAL UMA CASA MAL ASSOMBRADA, A BUCETA DA SUA NAMORADA, MAIS RODADA DO QUE PNEU DE LAMBORGHINI, É MAIS VELHA DO QUE O SARCÓFAGO DE TUTANKÂMON MISTURADO COM O DE AQUENÁTON, O PAI DELE!!! SEU PALHAÇO!!! VOCÊ PROVAVELMENTE NEM SABE QUEM FOI TUTANKÂMON PORQUE SÓ USA A INTERNET PRA PESQUISAR HENTAI E PORNOGRAFIA INFÂNTIL, E FOI, NESTE EXATO MOMENTO, PESQUISAR O QUE EU ACABEI DE CITAR, SEU DOENÇA DE MORCEGO!!! SUA TIA TRABALHA RODANDO BOLSINHA NO CARREFOUR, CUJA XERECA FEDE MAIS DO QUE UM BACALHAU E É MAIS RADIOATIVO DO QUE O ACIDENTE DO CÉSIO 137 MISTURADO COM O XERNOBYL, FUSIONADO COM O ACIDENTE DE PRIPYAT, SEU VACILÃO MELA CUECA!!!! NÃO É ATOA QUE O SEU TIO, PRA COMER AQUELA PORCARIA, TEM QUE USAR UMA MÁSCARA DE GÁS OU USAR A MÁSCARA DE UM DOUTOR DA PRAGA, SEU COMÉDIA!!! SUA PRIMA MASTURBA AQUELA BUCETA VERDE, IMUNDA E CARNUDA DE OGRO COM PARABRISA DE CARRO E AINDA FALA QUE NÃO TÁ SATISFEITA, E QUE PRECISA QUE ENFIEM ALI UMA BAZOOKA RPG 7, UM CANHÃO, UMA CATAPULTA E UMA LÂMINA DE GUILHOTINA, SEU CRACUDO, MACONHEIRO E NOIADO QUE MORA DEBAIXO DA PONTE!!!! SEU AVÔ TEM UMA BARBA IGUAL A DO PAPAI NOEL, A DO RASPUTIN E A DO OSAMA BIN LADEN, AQUELE VELHO BROXA CADEIRANTE QUE VIVE ASSISTINDO PADRINHOS MÁGICOS E BARNEY SOZINHO NA SUA PRÓPRIA CASA NA SUA TELEVISÃO DE TUBINHO COM 2 ANTENINHAS TORTAS, IGUAL A DO SIMPSONS, SEU COTOCO TETUDO DO CARALHO!!!! VOCÊ PROVAVELMENTE VAI LÁ NA CASA DELE PRA TOMAR REMÉDIOS DEPOIS DE LER A MINHA FÚRIA RESUMIDA EM PALAVRAS, É OU NÃO É, SEU FILHO DA PUTA MICROCÉFALICO ACÉFALO SEM MASSA ENCEFÁLICA DO CARALHO? UMA VEZ QUE A CASA DO SEU AVÔ PARECE UMA FARMÁCIA DE TANTO REMÉDIO QUE TEM E TANTO REMÉDIO QUE ELE TOMA, VOLTA PRO INFERNO DA ONDE VC NUNCA DEVIA TER SAÍDO, O PEITO DA SUA PRIMA É MAIS QUADRADA DO QUE UM BOOMBOX, AQUELES DA ÉPOCA DE 80, SEU PESO MORTO DO CACIMBA!!! A BUCETA DA SUA MÃE PISCA MAIS DO QUE UMA DISCOTECA, CABE UM HOLOFOTE, O DJ, AS LUZES, OS BALCÕES DE BEBIDA, E A TAVERNA, E O BAILE INTEIRO, SEU MERDA!!!! UM PEIDO QUE SAIU DESSE MALDITO CÚ ESPAÇOSO DO SEU IRMÃO FOI QUEM DERRUBOU O MURO DE BERLIM, SEU MERDA. ATÉ HITLER TINHA MEDO DA MENTE DOENTIA E DISTORCIDA DA SUA MÃE, AQUELA SABOTADORA DE BUTECO QUE BOTAVA VENENO DE RATO E CIANETO NA BEBIDA DOS VELHOS APOSENTADOS E FRACASSADOS QUE FICAM ALI, SEU MERDA!!!!! SUA NAMORADA (SE VC N FOR VIRGEM, É SEMPRE BOM LEMBRAR) TEM A BUCETA LOTADA E INFESTADA DE VERMES, GERMES, LARVAS, MIASES, CASA DE NINHO DE MARIMBONDO E MAIS UM FRASCO DE SBP PERDIDO QUE ELA ENFIOU ALI QUANDO FICOU COM MUITO TESÃO 1 DIA E DESCOBRIU A MASTURBAÇÃO PELO PRIMEIRO DIA, SEU MOSQUITO DE ÁGUA PARADA E PORRA LOCA!!!! SEU CORPO PARECE UM ESPERMATOZOIDE, FININHO E SÓ TEM A CABEÇA PONTUDA, MAS COM CERTEZA NÃO VAI SER A DE BAIXO, TÃO SEBOSA QUE PARECE UMA FÁBRICA DE QUEIJO COALHO, GORGONZOLA E PARMESÃO, SEU LEPROSO QUE AINDA CHUPA CHUPETA E MAMA MAMADEIRA, VAI DÁ MEIA HORA DE CÚ QUE VC GANHA MAIS, SEU CORPO É TÃO DESPRAZEROSO QUE NEM DEMÔNIOS QUEREM POSSUIR ELE!!!!! VC NÃO PASSA DE UM RATO QUE SAIU DO POÇO QUERENDO PASSAR LEPTOSPIROSE PARA ALGUÉM, MAS COMIGO AQUI, A ÚNICA COISA LEPTOSPIROSE QUE EXISTE É A QUE EXISTE NA XERECA DA SUA IRMÃ, AQUELA PUTA QUE PARECE O MESTRE SPLINTER TREINANDO OS TARTARUGAS NINJAS NO ESGOTO!!!!! RESPEITA OU PEITA, SEU TESTICULO DE ALMONDEGA E PIROQUINHA DE MACARRÃO PENNE DOS INFERNOS!!!! CÊ TÁ FODIDO E VAI COMER O PÃO QUE O DIABO AMASSOU NA PALMA DA MINHA MÃO!!!! VOU TE TRANCAR NUM SÓTÃO, TE TORTURAR, TE AMARRANDO COM CORRENTES, E SÓ TE ALIMENTAR A BASE DE PÃO, ÁGUA, SANGUE DE CACHORRO, RAÇÃO, E A MINHA ESPERMA DEPOIS QUE A MODELO MAIS GOSTOSA DO MUNDO, QUE JÁ POSOU NA VICTORIA SECRET E NA PLAYBOY, MASTURBAR ELA PRA MIM, SEU CAFAJESTE!!!! EU NÃO AMEAÇO, EU FAÇO E DEIXO A MISSÃO CONCLUÍDA, SEU FILHO DE UMA PUTA CHORADEIRA DO CARALHO!!!! VOCÊ NÃO PASSA DE UMA CHIHUAHUA ABANANDO O RABINHO, LATINDO, E MOSTRANDO ESSA BOCA PRETA COM UMA FILEIRA DE DENTES PARECENDO UM ESPINHO DE CACTO, VOCÊ É TÃO FEIO QUE A SUA MÃE PREFERIU AMAMENTAR A PLACENTA, A PRÓPRIA TRIPA E OS ÓRGÃOS INTERNOS, MAS NÃO QUIS ALIMENTAR VC, SEU PATO SENTADO E ALVO FÁCIL DE ATACAR!!!! SEU PAI NÃO PASSA DE UM CORNO, MAL SABENDO AS LANÇAS, CIPÓS, CASSETETES E TACO DE BASEBALL QUE OS NEGÕES NO CLUBE E NO CASSINO SEMPRE ENFIAM NELA DEPOIS DE GANHAR UMA APOSTA JOGANDO ROLETA RUSSA OU PÔKER, SEU DESIDRATADO DESNUTRIDO RAQUÍTICO COM OS ESQUELETOS APARECENDO DO CARALHO!!!! EU VOU PEGAR UMA SAI, AQUELA ESPADA, ENFIAR NO SEU ESTÔMAGO E GIRAR QUE O SEU INTESTINO SAIA NELA, DEPOIS, DECAPITAREI SUA CABEÇA COM UMA KATANA E VOU OFERECER ELA PARA UM TIGRE FAMINTO DAS FLORESTAS NEPALESAS. COMO RESULTADO, ELE VAI DEVORAR TANTOS SERES HUMANOS E FICAR VICIADO POR TANTA CARNE HUMANA, QUE VAI SER MAIS PROLÍFICO E FAZER MAIS VITIMAS DO QUE O TIGRE DE CHAMPAWAT, E O CAÇADOR QUE CONSEGUIR MATAR ESSE TIGRE, TERÁ O DESAFIO DE COMER A SUA MÃE SEM TER O PAU INFECTADO DE DOENÇAS OU COMPLETAMENTE BROXADO DEVIDO A FEIURA DELA, O QUE VAI SER UM DESAFIO IMPOSSÍVEL, E ATÉ ESSE CAÇADOR CASCA GROSSA VAI SE SUICIDAR, PEGANDO O SEU RIFLE DE PRECISÃO, MIRANDO E DANDO UM TIRO NO PRÓPRIO PEITO, SEU CORNO MANSO DESGRAÇADO!!!! VC NÃO PASSA DE UM CHEIRA COLA QUE VIVE NO TERREIRO DE MACUMBA COMENDO UM CAPIM QUE CAVALOS FAZEM AMOR E PISAM, CAGAM E URINAM TODO DIA, SEU FILHO DA PUTA!!!! NUMA BRIGA DE RUA, EU FAÇO A SUA CAVEIRA SER CONCUSSIONADA, FAÇO TUA CARA ENTRAR PRA DENTRO, E ARRANCO TODOS OS SEUS DENTES, DEPOIS, DOO ESSES DENTES PARA SEREM COLOCADOS EM PESSOAS BANGUELAS E NECESSITADAS, QUE VC MORRA EM UM ACIDENTE DE CARRO, E CASO AINDA NÃO DIRIGIR, QUE VC TENHA UM ANEURISMA QUANDO TIVER CAGANDO, PORQUE TODO CAGA, ATÉ UM VERME FRACASSADO COMO VC, SEU INÚTIL PATETA, PALERMA E PACHÁ!!!! MAS, DE FATO, COMO SEI QUE VC É UM FRANGO DEPENADO, SEM A MENOR CAPACIDADE DE DESFERIR UM SOCO, E CORAGEM PARA APARECER NUMA BRIGA, TUDO QUE EU IREI FAZER, VAI SER EU MESMO IR AI NA TUA PRÓPRIA CASA, E ENCOMENDAR UM TERRORISTA DO AL QAEDA PARA ESTACIONAR UM CAMINHÃO BOMBA, UM CARRO BOMBA E ATÉ MESMO UM ONIBUS E AVIÃO BOMBA EM FRENTE A SUA CASA, ESSE BARRACO COM MAIS RACHADURAS DO QUE UM SERTÃO NORDESTINO, SEU INSETINHO BARATA SANGUESSUGA E ALVO DE ZOAÇÕES, A TUA TESTA PARECE UMA LÁPIDE DE CEMITÉRIO, VC NÃO PASSA DE UM VANDÂLO QUE PIXA O PRÓPRIO CÚ E ESFREGA NA PAREDE, SEU ESQUIZOFRENICO MENTAL DO CARALHO!!!! VOCÊ BATE MAIS PUNHETA MAIS RÁPIDO DO QUE UM BEIJA FLOR VENDO LAVAGEM DE INTESTINO E SEXO DE HAMSTER, VOCÊ É MAIS FEIO DO QUE BATIDA DE CAMINHÃO E AUTÓPSIA DE SAPO, SEU PIADA HUMANA QUE TEM 500 PARAFUSOS A MENOS!!!!! SEU NEURÔNIO JÁ FOI QUEIMADO E SEU SISTEMA NERVOSO TÁ PARALISADO, SEU PEDAÇO DEFECADO DE HOMÚNCULO!!!! AQUELE CASTRADO NERD DO SEU IRMÃO AMOSTRA O PRÓPRIO CORPO NA PONTE RIO NITEROI PRA GANHAR GORJETA, MAS É ÓBVIO QUE NGM, EM SUA SÃ CONSCIÊNCIA, NÉ, SEU MONGOLOIDE, VAI DESPERDIÇAR A SUA PRECIOSA GORJETA EM UM CORPO QUE JÁ SOBREVIVEU MAIS TRAUMAS DO QUE O JASON DO SEXTA FEIRA 13, SUA MÃE É TÃO PESADA QUE O GODZILLA, OS VINGADORES E A LIGA DA JUSTIÇA INTEIRA NÃO CONSEGUIRIAM LEVANTAR ELA, SEU PEDAÇO DE MERDA ESMAGADO POR UM SAPATO!!!! QUE VC QUEIME EM ACIDO SULFÚRICO E QUE SUA CARCAÇA SEJA CONGELADA EM NITROGÊNIO, ESSA MINHA EXPLOSÃO FOI MAIS FORTE DO QUE A DA UMA DE BOMBA NUCLEAR, SEU BOSTINHA!!!! NO FIM DESSE TEXTO, SAIBA QUE VC É TÃO INSUPORTÁVEL E DESPREZÍVEL QUE NEM ÁTOMOS TE ACOMPANHAM E FICAM PRÓXIMO DA ONDE VC ESTÁ, SEU VAGABUNDO, INCAPAZ E FRACASSADO DO CARALHO. SEJA DESINTEGRADO, E NUNCA MAIS EXISTA NESSE UNIVERSO, SEU MERO MICRÓBIO.
submitted by CrazyNectarine to copypasta [link] [comments]


2020.03.01 14:07 BokoMoko Como um filme pode mexer com a gente ?


Adoro cinema.

Cinema faz a gente viver experiências que não teríamos chance. Diverte, nos leva a pensar mas principalmente faz a gente sentir. Adrenalina, medo, alegria, risadas, dor.

Alguns filmes marcam a gente e ficam na memória.

Alguns filmes são tão bons que merecem ser vistos novamente. E filme bom não tem idade.

Um dos filmes que mais me marcou na juventude foi "The killing fields" de 1984 que conta a história dos horrores da Guerra do Camboja e do regime comunista radical do Khmer Rouge (do monstro Pol Pot).

O filme é baseado na história verdadeira de dois jornalistas, um americano e outro cambojano que cobrem os últimos dias antes da ascensão ao poder do Khmer Rouge. O jornalista americano é evacuado para os EUA assim que o novo regime se instala. Seu colega e amigo cambojano não tem a mesma sorte.

No típico regime comunista orwelliano, ser jornalista é uma sentança de morte. Apesar dos esforços dos amigos americanos para salvá-lo, o colega cambojano vai passar por todos os horrores que o regime totalitário levou ao povo do Camboja. Depois de muitas reviravoltas, (spoiler) ele sobrevive.

A história relatada no filme já é emocionante por si só. O ator cambojano que interpreta o jornalista ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante.

A história do próprio filme é ainda mais impressionante, mostrando como a vida real pode ser mais fantástica do que a capacidade de imaginação do autor mais delirante.

O ator que interpreta o jornalista cambojano, Doutor Haing S Ngor, na verdade era médico lá no Camboja e passou por coisa ainda pior do que o jornalista que ele interpretou.

Mas ainda tem mais. O médico nunca havia atuado e nunca teve instrução em técnicas de interpretação.
Mas ainda tem mais! Dr Ngor ganhou o Oscar e com a fama e fortuna criou uma fundação de apoio a refugiados cambojanos. A fundação mantém duas clínicas e um hospital.

E por incrível que pareça ainda tem mais!!! A esposa e filhos do Dr Ngor foram assassinados pelo regime de Pol Pot. Ele refugiou-se nos Estados Unidos e em 1996 foi assassinado na garagem de sua casa. Três membros de uma gang de asiáticos foram condenados e cogitou-se inclusive que Pol Pot havia encomendando o assassinato. Nada foi comprovado. Seu corpo foi encontrado pela polícia juntamente com 2900 dólares em dinheiro e um relicário que Dr Ngor usava o tempo todo que continha a foto de sua esposa.

Pol Pot morreu dois anos depois em 1998.

O jornalista cambojano, Dith Pran, tornou-se fotógrafo do New York Times e quando soube da morte do atomédico/refugiado/herói/amigo ficou desolado. "Dr Ngor era meu irmão gêmeo".

Assisi esse filme há 35 anos. Hoje o assisti novamente. E me emocionei tanto ou mais do que na época em que o assisti pela primeira vez. Com a facilidade da internet, pesquisei o paradeiro dos envolvidos no filme e aí sim me emocionei ainda mais. Foi quando soube da morte de Dr Ngor.

Compartilho com vocês essa história porque ela tem tudo a ver com o que estamos passando no Brasil hoje em dia.

Não.

Não estamos passando por uma guerra fatricida tampouco estamos ameaçados por um regime comunista sanguinário (demonizado pela direita).

Mas estamos sim ameaçados pelo totalitarismo e intolerância de um governo regido por ignorantes.

Uma característica comum dos regimes totalitários, seja de que espectro ideológico for, é que tais regimes empoderam a ignorância.

Uma das primeiras coisas que o Khmer Rouge fez ao assumir o poder foi atacar de forma bárbara todo e qualquer vestígio de instrução, educação, esclarecimento e conhecimento. A guiza de começar uma nova era para o povo do Camboja, a turba de ignorantes que apoderou-se do poder promoveu o expurgo da intelectualidade. Médicos, jornalistas, professores, cientistas, artistas e qualquer um que ousasse sequer contestar, questionar o poder "constituído".

Em tudo isso é semelhante ao que vivemos hoje no Brasil. A ignorância oficial é enaltecida. O bárbaro se identifica com o governante, que incapaz de montar uma equipe de governo digna, apela por recrutar pessoas ainda mais ignorantes. Como um Pol Pot de direita.

Regime autoritário liderado por energúmenos não tem ideologia. Não importa se são de esquerda ou de direita. São todos abomináveis.

Isso já aconteceu aqui no Brasil após o golpe de 1964. Relatos que me chegam em primeira mão contam como pessoas desajustadas e ridicularizadas ANTES do golpe, por circunstâncias fortuitas, foram guindadas ao micro-poder. Imediatamente cometeram abusos de denunciando as pessoas que antes o ricularizavam.

Imagine aquela pessoa que sofreu bulying no colégio, que era humilhada. Aquele trabalhador que foi abusado pelo patrão. No novo regime, estes serão empoderados para azar dos que o segregaram.

Ao povo do Camboja não havia muito o que fazer. Um ditado cambojano diz "Se você é forte, faça-se temido. Se você é fraco, faça-se apiedado".

Ao povo do Brasil ainda resta a alternativa: Não se submeter. Deixar bem claro a esse governo que o povo brasileiro é forte!
submitted by BokoMoko to brasil [link] [comments]


2019.03.14 19:50 Multi-Skin Me ajudem, eu só quero que alguém leia sobre minha vida, eu to cansado de não ter voz. (Eu digito toda semana aqui, mas sempre apago antes de postar)

Eu (22~33 M) sempre fui uma criança quieta, as outras debochavam de mim por eu ser alto demais e desengonçado (puberdade precoce). Por não ter dinheiro as outras crianças não queriam brincar com o garoto sem brinquedos legais.
Me apelidavam de bunda-mole por conta do meu corpo, foram centenas de dias que as crianças da vizinhança passavam na frente de casa e gritavam isso.
Meu pai nunca ligou, pra ele era tudo besteira, principalmente os jogos, quadrinhos e desenhos que eu via enquanto passei minha infância e adolescência sendo um pai pra minha irmã. Ela cresceu pra ser bem problemática, mas sei que fiz meu melhor como uma criança cuidando de uma criança. Cozinhei, penteei o cabelo dela, ajudei com os deveres, brinquei, limpei a casa, dei minha infância pra ela poder ter uma .
Eu acabei introvertido não por opção, isso me afeta até hoje, eu quero atenção, mas não quero atrapalhar ou sentir que alguém está incomodado.

-----Primeiro trauma-------
Aos 8 anos de idade meu pai me obrigou a fazer parte dos escoteiros, queria que eu fosse como as outras crianças, que brincasse mais com os outros, ele me olhava e falava de um jeito que me dava certeza que ele iria me bater se eu não fosse pra lá.
Foi lá, em um acampamento que acontecia longe da cidade uma vez por ano, que um rapaz mais velho (acho que 11 anos) ficou rindo e apontando pra mim enquanto eu tomava banho no final da tarde(o chefe dos escoteiros me obrigou assim como outros garotos).Eu demorei pra sair pois não queria que ninguém me visse, quando eu achei que estava sozinho ele jogou minhas roupas no lixo de fora e me trancou nesse banheiro. Ninguém veio me procurar até a hora da madrugada, foi quando um velho abriu a porta e abusou de mim. Quando amanheceu eu peguei minhas roupas do lixo e fui pra onde o grupo estava, ninguém sentiu minha falta.
Eu demorei quase 20 anos pra contar isso pra alguém, pois eu achava que meu pai ia me bater.
Meu pai ficou muito bravo e debochava de mim toda vez que me via vendo desenho, jogando games ou fazendo algo que não envolvia outras crianças, ele mesmo me chamava de bunda mole.
-----Meu pai sendo babaca pra variar----Uns meses depois eu estava com 9 anos e ele me colocou em aulas de natação, eu amava demais, meus antepassados todos tinham algum histórico com natação, eram medalhas de campeonatos ou eram marinheiros e isso me dava muito orgulho. Semanas depois eu estava a sair da piscina quando o mesmo rapaz dos escoteiros chegou até a beirada e ficou rindo de mim. Eu nunca mais voltei lá e nunca expliquei o por que. Meu pai teve um ataque cardíaco de tanto me xingar gritando.
Desse ponto em diante ele acostumou a me chamar de cavalo e chamar de merda tudo que eu fazia e ele não gostava.
Quando tinha 10 anos por problemas respiratórios (já fiz 3 cirurgias e meu sistema respiratório ainda consegue puxar apenas metade do ar que uma pessoa puxaria na respiração) e o doutor perguntou se eu praticava esportes, eu falei que gostava muito de andar de bicicleta, meu pai me cortou e debochando falou "esse daí? só se for pra exercitar os dedos no 'joguinho'". Essa fala dele tinha sido a mais carinhosa em meses, isso soou ainda mais doloroso pra mim.Anos se passaram e ele sempre falava isso pra todo mundo. Perguntavam como eu estava e ele respondia "só nos joguinhos", ignorando se a pessoa tinha perguntado das minhas notas, da saúde, da felicidade. Eu joguei ainda mais, não queria ficar nem perto da sala onde ele ficava vendo TV depois do trabalho.
-----Pai babaca, a saga continua---------
Passei um ano internado em um hospital que ficava em outra cidade pra tentarem identificar a razão e perigos do meu crescimento, eu tinha 11 anos, mas com corpo de adulto. Me lembro de chorar muito quando não recebi visitas no dia das crianças e vi apenas minha mãe no meu aniversário. Meus pais trabalhavam demais pra nos sustentar, eu sempre apreciei isso.

Com 11~13 anos comecei a me soltar de novo, minha irmã me convidou num dia qualquer pra sair um pouco da frente do PC pra andarmos de bicicleta. Eu deixei um jogo baixando, era Pokemon Sapphire pra gameboy advanced, e fomos pedalar.Foi bem divertido, mas depois de algumas voltas a chave de casa estava caindo do meu bolso, no que eu fui segurar a minha bermuda engatou na bicicleta e eu rolei morro abaixo, batendo com a nuca no meio fio. Minha irmã foi chamar meus pais, eu estava sentado, sem falar nada, com uma camisa totalmente vermelha, já que o sangue tinha coberto cada pedaço da camisa branca que eu usava.
Até hoje eu não tenho memória disso, mas me falaram que eu entrei no carro do meu pai e fomos até o hospital, falei normalmente e tudo mais.Minha memória tinha ficado muito bagunçada por conta do corte e da pancada que por poucos centímetros não tinha pego o cerebelo.Felizmente não sentia dor, mas não me lembrava dos rostos de ninguém, era algo que demorou um mês pra normalizar, fiquei internado por uma semana, meu pai não acreditava nisso e só falou"Se você tá com problema de memória, qual o jogo que você deixou baixando?"Eu respondi corretamente e ele assinou os papéis pra sairmos de lá.

-----Minha liberdade e minha mãe---------

Eu me fechei ainda mais e passei o tempo estudando e jogando, recebi vários prêmios de aluno exemplar durante todo o período escolar.
Em paralelo minha mãe que era meu exemplo de vida, uma pessoa certa, calma, gentil, um ser humano divino.
Com 16 anos saí de casa pra estudar em uma federal, eu sentia nojo de receber ajuda dele, mas pelo menos tinha minha liberdade. Minha mãe era muito preocupada e me ajudou muito a encontrar um lugar perfeito, um lugar meu.Eu senti o gosto da vida pela primeira vez, consegui uma namorada e perdi o foco na faculdade, minhas notas foram péssimas.
Meu pai me ligava frequentemente pra cobrar o acesso ao sistema de notas, me xingava pelas notas baixas.Ela percebeu e começou a falar que eu precisava estudar pra ir junto com ela fazer intercâmbio. Eu me esforcei ao máximo, estava melhorando aos poucos.
-------Segundo trauma e depressão--------
Resolvi trazer ela pra conhecer meus pais. Meu pai a odiou por ela ser um pouco acima do peso. Grampeou todo o computador dela e pegou fotos de outro cara que ela me traia quando ia visitar a família dela, nada NSFW, só ele sem camisa. Ele não a afrontou, mas me mostrou tudo. Eu não acreditei, falava que era só amigo. Ele chegou ao ponto de mostrar a gravação de áudio que tinha feito escondido com um gravador de nós dois transando, falando que ela só falava que me amava mais que tudo quando estávamos transando.
Essa coisa toda me deixou enojado e voltei imediatamente pra faculdade. Lá contei tudo pra ela, que ameaçou processar meu pai por invasão de privacidade. Depois de muita conversa continuamos juntos.
Eu peguei um voo que custava o valor que eu tinha pra comida do mês, só pra poder fazer uma surpresa de aniversário pra ela. Fui bem recebido, passei uns dias na casa do irmão dela.
Depois de um tempo ela se abriu pra mim e falou que não só me traiu, mas como também desde pequena transava com o próprio irmão e o cachorro dele. Eu duvidei, mas ela me mostrou mensagens e fotos, vomitei na hora, sujei todo o chão, só me lembro dela atravessando a rua uns minutos depois e falando que estava com medo, eu estava em fúria não só por ela, mas por tudo que já passei.
Eu não sei o que deu em mim, algo quebrou dentro da minha cabeça, sentia vontade de me lavar, me sentia sujo, não aguentava mais se fuder a esse nível, ao mesmo tempo não sentia nada.
Desenvolvi depressão profunda, a linhagem da minha mãe tem tendências a depressão extrema, mas era tão profunda que passou do ponto de querer se matar, eu só vivia, não sentia mais nada. Pra piorar comecei a ter ataques de pânico constantes.

---------------Felicidade a caminho---------

Anos passaram, e através de um post sobre coisas geek no facebook encontrei a garota perfeita, ela morava na cidade vizinha, ficamos noivos mesmo depois que eu me mudei de volta pra minha cidade natal pra tentar fazer outro curso. Ela não veio junto e não me traía, era pura demais, acredito até que tinha síndrome de Peter pan, o mundo era muito fantasioso pra ela. Ela vivia como uma adolescente na casa dos pais, nunca saía de noite, não gostava de festa ou bebida. Eu chegava a incentivar ela a tentar sair com outra pessoa, pois não achava justo que ela ficasse ligada a mim com toda essa distância. Ela sempre disse não a isso, sempre falávamos por video depois do trabalho e antes de dormir (ela trabalhava até tarde em um shopping longe da cidade).
--------Terceiro trauma---------
Ela me deu muito apoio mesmo quando minha mãe me contou o motivo de estar cada dia mais estranha, ela se dopava de remédios por ter depressão e ter traído meu pai com um cara que passou aids.Meu chão caiu, a única pessoa que eu ainda confiava cegamente não só como amiga, mas como exemplo a seguir, traiu a confiança do meu pai. Ele que era um animal deu todo apoio e sempre se manteve no lado dela. A situação de virtudes, valores e ações tinha se invertido, meu pai era quem tinha feito o certo. Isso nunca me desceu a garganta, mas foi a última gota pra eu entender que todo mundo é humano, comete erros, sem exceção.Foi nessa época que eu tive que aprender que não podia deixar minha mãe sozinha, foram várias tentativas de suicídio.

-----------Ato final, nada muda---------
Eu mesmo cometi um erro e me envolvi com outra pessoa sem contar pra minha noiva, ela sabia que eu precisava de muita atenção e ela propôs um relacionamento a três, deu muito certo e durou uns 2 anos.
Nos separamos no aniversário de namoro apesar de ter certeza que ela era a pessoa da minha vida, eu cometi o erro de cobrar demais dela, exigir visitas mais e mais constantes, estava me tornando chato e forçando ela a se mudar, abandonar a família que vivia em outro estado.

Não senti que era certo continuar com a terceira pessoa, pois as coisas só lembrariam de como era antes, eu me enterrei no trabalho e quando chegava em casa me dopava pra dormir.
Como minha irmã era grossa e não tinha muito papo comigo, minha mãe estava sempre dopada de remédios, cheguei pro meu pai e desabafei
"Pai, já vi minha mãe tentar se matar 5 vezes, na última eu ainda estava com a minha ex, mas estava depressivo, eu não sentia nada, eu vi minha mãe sangrando pelos pulsos, chamei uma ambulância e fui comer um sanduíche.Agora não estou com a pessoa que mais me apoiou na vida eu não consigo nem mesmo passar um segundo fazendo o que eu gosto.
Não consigo ler, não consigo ver filmes, não consigo nem jogar. Eu adoro meus jogos.
Eu só estou muito cansado da vida, não tenho propósito, eu só queria ter paz e ser amado por quem eu sou. Eu sei que tem coisas que são reflexo do que eu faço, mas tem coisas horríveis que acontecem comigo desde pequeno e eu não posso fazer nada pra evitar isso."A resposta dele foi "que bom, te falei que essa coisa de joguinho era só passageira".
Liguei o carro e saí.

...
Agora estou namorando alguém que a carreira gira em torno do social, odeia qualquer coisa geek.
Pra ela tudo que eu falo é drama, tudo que eu sinto é bobeira, tudo que eu preciso é fútil.É tóxico, mas eu preciso disso pra ficar com o pé no chão e não me deixar ser arrastado pela depressão, eu prefiro fazer de conta que tudo isso não é nada do que ficar me remoendo todo dia.
Ainda sim eu fico muito triste de perder o sabor das coisas que me faziam feliz.

Só minha mãe, em um momento de lucidez, ficou sabendo dessa história, toda semana eu digito de novo aqui e sempre apago tudo antes de postar.
EDIT:Obrigado pelos comentários dando forças, eu realmente precisava disso.Atualmente estou com a depressão bem controlada, mas precisava demais matar esse silêncio.Outro dado é que meu pai tem idade pra ser meu avô, por isso não sinto raiva, só fico indignado com pensamentos tão brutais.
Minha família é minúscula, não tenho tios ou avós vivos, isso gera mais ansiedade e stress quanto ao futuro, pois não tenho como dar suporte financeiro ou presencial suficiente pra minha mãe, pai, ou irmã caso aconteça algo com eles.
Eu ainda tenho dificuldade em ver que todos são humanos e que não posso ficar com medo das coisas ruins acontecerem.O pensamento de fracasso ou vergonha me aterroriza por conta de ter sido moldado na base de confiar em algo, acabar sofrendo e ainda por cima ser humilhado por estar sofrendo.
Por anos eu me cortava na parte interna das coxas pra ninguém ver, eu não queria chamar atenção, eu não queria morrer, eu queria me punir por não conseguir fazer as coisas melhorarem.
Até pouco tempo eu me socava e batia até quase desmaiar, não pelo mesmo motivo, mas por não conseguir ter voz e permitir que os outros fizessem o que quiserem comigo.
Atualmente ainda jogo alguns jogos, músicas, leio livros , mas aquele pensamento de "você tá jogando essa merda, seu cavalo" fica sempre preso.
Também estou sofrendo pra terminar a faculdade, mas aos poucos vou melhorando esse aspecto da vida também.
Infelizmente não tenho como pagar por tantas consultas de um/uma psicó[email protected] quanto eu preciso, ano passado uma profissional me ajudou muito a lidar com tudo isso, não dói tanto quanto antes, mas é difícil deixar tudo no passado.


EDIT2:Vi que alguns estavam achando falso demais a parte do irmão e tal, vou colar a minha resposta aqui
Eu queria que fosse, isso estragou minha libido por um ano inteiro.
Eu demorei pra ligar os pontos, mas pelo que deu pra sacar a mãe dela era prostituta e ela teve influências fortes.
A sexualidade aflorou de forma errada.Ela contou que o lance do cachorro não era constante, mas o irmão era desde quando eles tinham 10 anos, coisa doentia de cidade de interior. O pai expulsou ela de casa por um tempo quando ela era adolescente depois de flagrar os dois.
EDIT: Agora lembrei que tenho certeza que foi o fato dela falar um pouco da mãe dela pro meu pai que desencadeou o pensamento de "essa deve ter puxado a mãe" no meu pai e causado toda essa investigação dele.
Meu pai trabalhava na área de informática assim como eu trabalho hoje em dia (eu fui fazer federal pra tentar fugir desse ramo só pra não ter nada a ver com meu pai, mas dá pra ver que não deu certo), ele manjava bastante de computador.
Quando eu tinha uns 14 anos, moleque, pesquisei uns vídeos de BDSM no xvideos, no dia seguinte ele me puxou pra conversar sobre as mulheres não serem objetos e muitas vezes não concordarem com os desejos sexuais.

Eu deixei de boa, deu uma semana e eu vi outro vídeo desse, ele de novo me chamou pra ter uma conversa desse tipo.Não cometi o erro de novo, virei o PC até achar o keylog que ele tinha colocado, criei outro usuário (eu não ia ser burro de tirar o keylog pra depois ter que me explicar pra ele).

E não é que o cara tinha aqueles bypass de senha que você dá boot...

Não é a toa que eu aprendi pra caramba com ele, nessa parte de computador meu velho era fera e eu devo muito a ele.
submitted by Multi-Skin to brasil [link] [comments]


2018.10.11 08:34 Br2the416 Limongi: “Líderes responsáveis não têm o direito de se isentar diante da insanidade de Bolsonaro”

Fernando Limongi, doutor em ciência política, não esconde a angústia com o resultado do primeiro turno das eleições do último domingo. Para ele, a vitória de Jair Bolsonaro joga o país no escuro e aqueles que o apoiam estão minimizando riscos extremamente perigosos que o candidato do PSL trará caso vença o segundo turno. Pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento e do Núcleo de Instituições Políticas e Eleições (NIPE/ CEBRAP), Limongi se mostrou chocado com a neutralidade assumida por grandes lideranças como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso neste segundo turno da eleição. Cardoso é um dos fundadores do CEBRAP, criado em 1969 por um grupo de professores afastados das universidades pela ditadura militar. “Isso é uma covardia inadmissível”, diz. Leia os principais pontos da conversa, em tópicos.

Salto no escuro com Governo obscurantista

Eu quero começar fazendo uma declaração quase que política, pensando como uma pessoa que é financiada para pensar. Eu sou pago pelo Estado brasileiro pra pensar e eu acho que eu tenho que fazer um pronunciamento público. Eu acho que a direita brasileira, o conservadorismo brasileiro - ou o que quer que seja, quem votou e apoiou Bolsonaro – está minimizando o risco que está correndo e está fazendo uma opção muito perigosa. A elite brasileira está dando um salto no escuro. Quer dizer, na verdade não está dando um salto no escuro, porque sabe o que está fazendo e está fazendo bobagem. Estamos aceitando a direita brasileira, o centro brasileiro está aceitando ser liderado por um cara que é um obscurantista, um retrógrado, um apologista da violência, um cara que apoia o golpe de Estado e tem saudade do regime militar.

Covardia inadmissível de Fernando Henrique

Essa direita brasileira, o centro incluído, criou um fantasma e foi gerando um temor desproporcional e descabido ao PT, como se nós estivéssemos de volta à Guerra Fria e o PT fosse uma ameaça comunista, totalitária, o que não é. Não há nenhum elemento, nenhuma informação objetiva que permita chegar a essa conclusão. O PT cometeu erros, cometeu erros sérios, mas eles são fichinhas se comparados ao que o Bolsonaro ameaça fazer e diz que vai fazer e cresceu fazendo. Uma parte do centro está se dizendo diante de uma escolha de Sofia e não está. Só tem um lado que não pode ser escolhido em hipótese alguma e as pessoas estão minimizando isso. Me deu arrepio ver que o Fernando Henrique Cardoso se declarou neutro, isso é uma irresponsabilidade, isso é uma covardia inadmissível. Eu fui presidente do CEBRAP, eu sou herdeiro do Fernando Henrique, eu salvei o CEBRAP de fechar. Eu estou até emocionado [a voz de Limongi fica embargada]. Não é possível que ele não se lembre do que ele sofreu, do que ele passou e que ele minimize isso. E pior! Ele declarou, inicialmente, que seria contra o Bolsonaro e que votaria no PT, agora ele que resolveu usar o Twitter, ele, covardemente, cede à pressão popular. Um intelectual não pode fazer isso, um intelectual tem compromisso. O Fernando Henrique não pode fazer isso.

“Cria cuervos”

Eu salvei o CEBRAP que ele [FH] criou, ia fechar. E eu assumi a presidência para salvar. Sacrifiquei parte da minha carreira acadêmica, fiquei quatro anos lá sem fazer nada, a não ser administrar cozinha de um lugar pra agora ouvir que isso aí [Bolsonaro] não é nada?! Esse cara não envolve risco? Não é possível que não se tenha parâmetro de comparação entre um cara que é apologista de um regime militar, o regime que perseguiu o senhor Fernando Henrique Cardoso, certo? O Fernando Henrique foi parar no pau-de-arara. Um cara que declara ter ódio ao Rubens Paiva, tem uma verdadeira fixação em falar mal do Rubens Paiva, do Vladimir Herzog, acha que aquilo foi um acidente de trabalho, [assassinato de ambos na ditadura], acha que aquilo estava certo. Alguém pode em sã consciência dizer que existe comparação entre o risco que o PT representa e o risco que o senhor Bolsonaro representa? Quem acha que vai tourear esse cara está sendo de uma ingenuidade absurda. Nós já vimos esse filme várias vezes, esse é o famoso Cria Cuervos. Nós estamos aceitando como se não fosse um risco um cara que é apologista da violência da ditadura militar, um cara que votou o impeachment da Dilma elogiando o [Brilhante] Ustra.

Em jogo, a barbárie

Ninguém que critique o Bolsonaro está defendendo a Dilma ou necessariamente dizendo que PT é santo. É esse maniqueísmo que o centro e a direita brasileira aceitaram jogar e estão agora sendo vítimas dele sem perceber ou o que? Isso é uma insanidade que está acontecendo nesse país. Nós ainda temos chance de corrigir, mas só vai corrigir se gente como o Fernando Henrique Cardoso vier a público e falar como um intelectual e pensar na sua responsabilidade política. É um risco inacreditável que nós estamos correndo, uma irresponsabilidade que essas pessoas que começaram a nutrir um terror ao PT, um horror ao PT, vieram agora a público deixar escapar. Isso não tem cabimento! Isso não tem um termo de comparação. Uma tristeza ouvir a declaração do Xico Graziano dizendo que agora ia apoiar o Bolsonaro. Xico Graziano não tem memória? Não lembra o que aconteceu com ele quando ele se colocou contra, nas redes sociais, o Bolsonaro dizendo que as eleições de 2014 estavam sendo fraudadas? Quando ele saiu a público, corajosamente, para dizer que aquilo era uma besteira ele foi trucidado nas redes sociais por esse grupo de trogloditas que está por trás do Bolsonaro. Não tem meia palavra com esse cara, ele é um troglodita. Isso tem que ser dito, não tem como minimizar isso. Em nome do quê? De um temor que o PT volte a fazer uma política macroeconômica e expansionista? Tudo bem, o PT cometeu erros e tem uma dificuldade de fazer autocrítica. Mas e o senhor Bolsonaro fez alguma autocrítica? Ou, por que que nós devemos acreditar no senhor Bolsonaro paz e amor? O que está em jogo é a barbárie.

Ódio cego ao PT

As pessoas estão sendo vítimas do monstro que criaram, da imagem que criaram. [...] Depois de ser derrotado pela quarta vez pelo PT, ali o centro e a direita perderam a razão, saíram paro tudo ou nada. Mas se eu falo isso as pessoas vão minimizar dizendo "Ah, o cara é petista!" Eu quero falar: "Vamos pensar o que nós temos que fazer?". Não é possível sequer ficar neutro diante deste cenário. Não é uma Escolha de Sofia, só tem um lado, o resto é defesa pra gente sobreviver. E isso eu tô falando digamos assim dos "velhos": [José] Serra, Aloísio [Nunes], Fernando Henrique Cardoso, Xico Graziano [que saiu do PSDB para apoiar Bolsonaro]. Gente que não pode esquecer do que passou. Não pode se esquecer de Rubens Paiva, não pode se esquecer do [Vladimir] Herzog. Isso não pode ser minimizado. Não pode! Não tem como! Esse gênio que está saindo da garrafa, você não põem de volta. Vamos fazer um experimento mental e imaginar que o Haddad declarasse que o seu ministro da Economia será Marcos Lisboa. Cada um tem o [Paulo] Guedes que merece, certo? Então, por que o Fernando Haddad não poderia declarar que o seu ministro da Economia vai ser o Marcos Lisboa? O Marcos Lisboa hoje, por um acaso, é o patrão do Fernando Haddad porque o Fernando Haddad trabalha no Insper, então, ele tá lá dentro. O Marcos Lisboa já trabalhou para o PT, foi parte da equipe do PT. Por que a informação de que o Guedes trabalharia para o Bolsonaro dá mais garantia do que uma possibilidade do PT vir para o centro e ser pragmático.

Perseguição e censura

Lógico [que haverá perseguição]! É disso que estamos falando, censura vem aí se esse cara ganhar! Ele não tem trato com tolerância. Óbvio, vai testar as nossas instituições. Mas as nossas instituições têm se provado muito pouco capazes de lidar com esse perfil.

Desconfiança com urnas, levantada por Bolsonaro

Ele disse que não são capazes de lidar com fake news. E o pessoal diz, “eu não voto mais no PT porque o PT mente”. Sim, e aí vocês votam num cara que é apologista da fake news. Um cara que disse hoje que não vai assinar nada contra a fake news, porque ele pratica fake news, porque ele surfa nisso e é dado a teorias conspiratórias. Ele declarou que existe uma internacional fundada pela Dilma -está lá na entrevista que ele deu para Jovem Pan-, que existe uma internacional da fraude eleitoral da América Latina cuja sede está em Quito, no Equador. O cara é louco, o cara é um desequilibrado. Ele acredita nessas histórias. Essa história da fraude eleitoral é uma das teorias da conspiração mais malucas, a la época da Guerra Fria. [...] E o TSE e a Justiça brasileira foram brandos nisso, ao afastar qualquer hipótese de que isso teria acontecido lá no passado.

Entrevista do Bolsonaro à Record no dia do último debate

A lei eleitoral regula minuciosamente cada acesso à televisão. Isso não existe, tanto que quando há um debate há uma série de regulações: quem pode ser convidado, quem não pode ser convidado. Ninguém pode ser tratado diferente, ninguém pode ter mais tempo. Por que se abriu essa exceção para o Bolsonaro? Isso é inadmissível. Então, tem alguma coisa que está deixando as eleições se tornarem um vale tudo. Há uma sucessão de erros estratégicos. A gente sabe e qualquer estudos de ciências sociais, de interações sociais de pessoas agindo racionalmente com o horizonte limitado, quando você junta todas essas ações o resultado pode ser um resultado péssimo para todos. Está todo mundo agindo racionalmente, todo mundo defendendo seus interesses, lutando pelo seus interesses, mas na hora que interage o resultado é péssimo para todos. A maior parte dos eleitores não quer nenhum dos dois. Mas a elite política criou esse fantasma e o PT agiu equivocadamente, no meu ponto de vista, quanto a sua estratégia. O PT apostou em salvar o Lula, em se agarrar ao Lula e isso foi um erro. Tanto que o PT teve tantos votos quanto ele tem de preferência partidária. Ele ficou reduzido a sua base. Não se ganha eleição assim.

A razão não veio

Acho que ninguém, ninguém imaginou que viria essa violência que veio. Todo mundo achou que em algum momento a razão viria. E eventualmente o "se" não é possível. Você tem o contra factual. Você fala "se" isso tivesse acontecido talvez não tivesse ocorrido a facada, se o Bolsonaro não tivesse sido retirado da campanha, se ele não fosse calado de forma inadvertida, talvez nada disso tivesse ocorrido. O Bolsonaro ficou quieto e foi beneficiado. Receptador de todo esse ódio que se criou na sociedade brasileira pela sua própria elite.

Sem experiência

Eu falo: olha, você ganha mais do que 10 salários mínimos, você que optou pelo Bolsonaro, olha o vídeo desse pessoal quebrando a placa da Marielle, vê em quem você está votando. Quem você acha que está chamando? Está chamando a raposa pra tomar conta do galinheiro, quer dizer, e que garantias lhe dá o senhor Paulo Guedes? Esse cara não tem experiência pública nenhuma, é um desconhecido. Guedes vai nos fazer ter saudades de Guido. Guido vai ser um gênio comparado a Guedes. Não é porque passou por Chicago que você vira gênio. E não é só a esquerda que tem ideologia, a direita - e isso é o que é mais preocupante agora - está gerando uma ideologia perigosíssima. Uma ideologia de intransigências, de radicalismos, de negação de qualquer moderação.

Campanha no WhatsApp

Tem um subterrâneo acontecendo nas redes sociais que é a mesma coisa que aconteceu no Brexit, na Colômbia, nos Estados Unidos. Então, a gente está lutando com este demônio aqui, mas tem também o demônio do WhatsApp. Tem uma loucura rolando e tem uma nova tecnologia para se fazer campanha. Isso mudou. Eu estudo eleições e histórias das eleições há muito tempo e entendo como isso foi se transformando. Se você for olhar nos anos 40, quando o Brasil se redemocratiza, o principal recurso para se ganhar eleições era o caminhão, você precisava tirar eleitor do campo e transportar para cidade. Então, o recurso essencial pelo qual se brigava era o caminhão. Você tirava o caminhão do seu adversário, você ganhava as eleições. Daí chegou um momento que se começa a ter rádio, televisão e agora tem as redes sociais. Isso muda. Vai ter um momento em que essa novidade vai mais ou menos equiparar, os dois lados vão saber usar igual, mas por enquanto a direita está usando melhor, está sabendo usar, está pondo recurso nisso. Está havendo uma “Internacional de Direita”, como tem a “Internacional de Esquerda”. Tem uma tecnologia que está rolando, tem um know-how que está rolando, e esse pessoal se pôs a favor do Bolsonaro. E é um pessoal inconsequente. Nós temos uma direita inconsequente nascendo aqui e que está presente no mundo.

Extrema direita no Brasil

Sempre teve uma extrema direita no Brasil, tem uma parte dizendo que tem uma grande novidade, mas acho que a novidade é menor. Não pode esquecer que Paulo Maluf ganhou todas as eleições na cidade de São Paulo, depois da redemocratização, mesmo quando ele perdeu no Estado pra governador, ele ganhou na capital. Então sempre teve direita, não tem problema ter, é parte do jogo. Se o Bolsonaro ganhar não tem conversa, ele assume o poder e todo mundo aceita, o jogo é esse e o jogo só continua se você aceita brincar dentro das regras do jogo. A questão é se o Bolsonaro aceita jogar com as regras do jogo daqui pra frente.

Educação com Bolsonaro

Vamos pegar os economistas formados em Chicago, formados em Princeton, formados em Harvard que aceitam a ideia de que o grande problema do Brasil é a falta de investimento em capital humano, que o problema é a educação, que o brasileiro é pouco produtivo e que por isso estamos atrasados, por tanto toda e qualquer atenção no Brasil deve estar para a política pública. Essas pessoas têm medo do PT e da política macroeconômica do PT, mas não têm medo da política educacional que o senhor Bolsonaro vai aplicar. Porque ele quer colocar criança de volta pra casa, quer tirar criança de dentro da escola, porque isso faz parte do programa de governo dele [programa sugere a valorização da educação à distância]. Não pode dizer que não leu. O senhor Guedes não vai dar garantia para isso. Ele quer tirar criança da escola, porque ele não quer que as crianças sejam expostas a professores marxistas [programa de Bolsonaro destaca em vermelho ”um dos maiores males atuais é a doutrinação”]. E se as crianças voltam pra casa quem vai tomar conta de criança? Quem vai trabalhar? Olha o desarranjo econômico que esse cara pode gerar por uma insanidade ideológica. Todo mundo falou "ah, o PT é muito ideológico". E o senhor Bolsonaro é um poço de razão e de ciência? Ele é um energúmeno ideológico. Ele vai acabar com a educação no Brasil. Ele vai mandar a gente de volta para a Idade Média. Esse cara é um obscurantista. Ele vê um comunista em cada agente estatal. Aí ele se junta com a direita mais radical, neoliberal, que acha que todo agente do Estado é um paternalista protegendo um looser.

Arrecadações e possível corrupção

Quem vai ser o novo PC Farias [tesoureiro do ex-presidente Collor de Mello]? [Gustavo] Bebiano [presidente do PSL] será o PC Farias 2, certo? Sempre tem que ter um cara que controla todos os contratos, centraliza toda rede de negociações com os interesses, que precisam ser atendidos porque eles vivem de fornecer coisas para o Estado, etc. Essa negociação rola, vai rolar. Então, quem que vai fazer isso? Ou vai ser um dos filhos do Bolsonaro ou vai ser o Bebiano ou vão ser todos eles, cada um em uma área. A corrupção que vai rolar vai ser inacreditável porque é um bando de amadores, uns caras que nunca mexeram com Educação, nunca mexeram com Saúde, nunca mexeram com Ciência e Tecnologia, não sabem o que rola lá. O que vai aparecer de gente para eles vendendo projetos. A hora que muda o governo tá todo mundo caçando onde encaixar o projeto que ele não conseguiu vender ao governo anterior para o novo governo. E obviamente atrás de cada um deles tem um interesse se organizando. Foi isso que o PC Farias fez, vai ser isso que o senhor Bebiano vai fazer ou qualquer um que assumirá esse papel. Tudo bem a Dilma e a política econômica do Guido Mantega e a nova matriz econômica é inadmissível, é um erro crasso, ninguém justifica. Foi uma política macroeconômica eleitoral para ganhar eleição, quebrou o Brasil, foi uma irresponsabilidade. O PT não fez uma autocrítica, um absurdo, jogou dinheiro pela janela, delirou, tudo errado. PSDB também não fez diferente, mas não vamos falar que fizeram igual. Agora o que se está fazendo é uma escolha sem igual entre Bolsonaro e PT.

Crise mundial da democracia

Se for pensar internacionalmente, nós temos uma crise na democracia. Está todo mundo aturdido, é Trump, é Brexit, é Hungria, é Polônia, movimentos aparecendo em tudo quanto é canto, um desequilíbrio muito grande. Acho que tem uma coisa que é geral que deu uma desbalanceada, que talvez tenha a ver com essa mudança de tecnologia, de fazer campanha e o ritmo das tecnologias e adaptação que precisa ter entre o modelo antigo de se conquistar voto e o modelo atual. Mudou e acho que está todo mundo meio baratinado. A forma como a opinião pública reage aos fatos, a velocidade agora é outra. O eleitor está muito mais volátil e uma parte do eleitorado está saindo da política totalmente. O turnout [comparecimento nas urnas] na Europa foi lá pra baixo, nos Estados Unidos foi lá para baixo, então, o centro moderado está saindo, os radicais ficam e a política ganha outra dimensão. Tem alguma loucura acontecendo. Nós não sabemos se isso vai se reequilibrar.

Salvação

O Bolsonaro foi candidato a presidente da Câmara dos Deputados há dois anos, sabe quantos votos ele teve? Quatro. Então, ele era um patinho feio e era desconsiderado, mesmo. Ele era um marginal que ninguém considerava como um player. O pessoal do mercado financeiro o adotou, muito provavelmente trouxe junto essas tecnologias de comunicação e ele foi feito. Uma parte do empresariado o elegeu como a salvação contra o PT.

Partido de Bolsonaro forte no Congresso

Ele ganhou um Congresso mais próximo para ele [elegeu 52 deputados, a segunda bancada da Câmara]. Mas boa parte desses caras não fizeram política, está chegando lá. Kim Kataguiri, que já acha que pode ser presidente do Congresso, é um cara sem senso. Ele tem lá um monte de gente que acha que vai resolver tudo no grito. Sabe-se lá, o [Alexandre] Frota... como vai se comportar? Uma incógnita. Em geral caras como esse desaparecem porque não sabem fazer política. E política é um saco.. Tem de se conversar o dia inteiro.

Política no WhatsApp X política real

No Congresso a política é outra coisa. Tem gente que quando vai lá se prova bom. Caso do Romário. Fez uma agenda legal. É um cara que se deu ao trabalho de aprender um novo business. Essa ideia de que político profissional é um mal... ainda bem que tem político profissional. Houve uma renovação grande, e criou-se um espaço vazio que ninguém sabem quem vai ocupar. E quem vai chegar à presidência do Senado? Da Câmara? Ninguém vai dar a presidência da Casa ao Kim Kataguiri [eleito deputado federal por São Paulo], aquilo é extremamente complexo. O que fez do Eduardo Cunha aquela pessoa imensamente poderosa? A capacidade de conhecer aquilo, como aquilo funciona. O cara era uma máquina. Sabe tudo, tinha controle sobre absolutamente tudo, com três celulares. Não é coisa para amador. Tem um voluntarismo bobo que tomou conta da juventude e empresários. De que tudo com boa vontade se resolve... as pessoas entram em conflito.

Maldição do impeachment

Foi um erro cavalar em todas as dimensões. Procurei alertar naquela época sobre com quem centro e a direita estava se aliando. Foram para Temer e Cunha. Eles só queriam salvar a própria pele. Pensou-se no dream team na economia e estaria tudo salvo. Você não faz a sociedade com o diabo e não paga um preço.Sociedade com o Bolsonaro você vai pagar um preço e é altíssimo. O preço com o PT é extremamente mais baixo. O PT tem uma reputação. Bolsonaro é um novato. É alguém que não se pode confiar. Quem acredita em racionalidade da informação, pega passado, balanço, futuro, como você pode pegar as informações dele, e dizer que é confiável? É um cara mentiroso, de maneira asquerosa e populista dizendo que adotou o mercado. Claramente para obter o poder. Daí criticam PT porque faz algumas coisas. [Bolsonaro] é um cara que começou a vida como terrorista durante a democracia. É esse cara que vão querer? Lideranças responsáveis não têm o direito de não se posicionar e deixar passar esta insanidade. O caso mais terrível é o nazismo. Pensava-se que [Hitler] era um tonto que a gente controla.

Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/10/politica/1539187153_593055.html
submitted by Br2the416 to brasil [link] [comments]


2017.11.10 21:16 aureliano_babilonia_ Crônica de um suicídio - reportagem da Veja relata espetacularização em operação da PF na UFSC

Link para a matéria original (restrita para assinantes).
Paywall de cu é rola: Crônica de um suicídio
Na noite do domingo 1º de outubro, um antigo cliente do Macarronada Italiana, de onde se avista a deslumbrante Baía Norte de Florianópolis, entrou no restaurante à procura de Zé. O garçom José de Andrade, de 63 anos, irrompeu no salão e aproximou-se para registrar em seu bloquinho o pedido de sempre do freguês de quase quatro décadas: talharim à bolonhesa.
— Não, Zé, hoje só vim te ver e tomar um café contigo. O garçom percebeu um timbre diferente e retrucou:
— Te conheço, Cau. Você está bem?
Cau não estava bem, mas desconversou. Reclinou sua vasta figura de 1,90 metro e 85 quilos sobre o balcão e tomou um expresso em companhia de Zé, que percebeu outra estranheza: o silêncio incomum e prolongado do interlocutor. Dez minutos depois, Cau deu-lhe um abraço apertado, um beijo na bochecha esquerda e disse “adeus”.
Dali, Cau foi ao Shopping Beiramar, uma caixa de concreto de sete andares, subiu até o último piso e andou em torno das escadas rolantes mirando lá embaixo, como quem calcula o território. Caminhou duas, três, cinco vezes ao todo. E decidiu ir ao cinema. Assistiu a Feito na América, o mais recente filme de Tom Cruise, e voltou para casa. No dia seguinte, na última manhã de sua vida, Cau deixou seu apartamento, no bairro de Trindade, e pegou um táxi. No meio do caminho, talvez à espera de que o shopping abrisse as portas, às 10 horas, encerrou a corrida na Praça dos Namorados, onde costumava levar o filho quando pequeno. Sentou-se num banco. Uma conhecida o cumprimentou, ele perguntou as horas. Eram 9h20. Quando o shopping abriu, Cau não demorou a chegar. Cruzou com um estudante universitário, a quem saudou protocolarmente, e tomou o elevador até o 7º andar. As câmeras de segurança do shopping captaram o momento em que Cau, sem nenhuma hesitação, se postou na escada rolante, colocou as mãos no corrimão de borracha, em seguida subiu ali com os dois pés — e jogou-se no vão da escada, projetando-se no precipício. Despencou de uma altura de 37 metros, a uma velocidade de 97 quilômetros por hora. Seu corpo bateu no chão como se tivesse 458 quilos. Ele morreu na hora, às 10h38 de 2 de outubro de 2017.
O suicídio de Luiz Carlos Cancellier de Olivo, aos 59 anos, o Cau, reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), foi o desfecho trágico de dezoito dias dramáticos. Sua vida começou a desabar na manhã de 14 de setembro, quando agentes da Polícia Federal deflagraram a Operação Ouvidos Moucos, com o objetivo de apurar desvios de verbas para cursos de ensino a distância na UFSC. Às 6h30 daquela quinta-feira, o reitor ouviu tocar a campainha de seu apartamento e, enrolado em uma toalha de banho, abriu a porta para três agentes da PF, que subiram sem se fazer anunciar pelo porteiro do edifício. Os agentes traziam dois mandados — um de prisão temporária e o outro de busca e apreensão. Recolheram o tablet e o celular do reitor e conduziram-no à sede da Polícia Federal em Florianópolis, dentro de uma viatura.
Atônito, sem entender o que estava acontecendo, o reitor só se lembrou de chamar um advogado quando estava prestes a começar seu depoimento, às 8h30. Durante as cinco horas em que foi arguido, passou duas sem saber por que estava à beira da prisão. Ainda respondia a perguntas sobre os meandros operacionais do ensino a distância, com o estômago embrulhado pelo jejum matinal e pelo tormento das circunstâncias, quando a delegada Érika Mialik Marena, ex-coordenadora da força-tarefa da Lava-Jato, à frente agora da Ouvidos Moucos, adentrou o local. Apressada para iniciar a coletiva de imprensa que começaria logo mais, Érika finalmente esclareceu ao interrogado o motivo de tudo aquilo: “O senhor não está sendo investigado pelos desvios, mas por obstrução das apurações”. E correu para comandar o microfone na sala ao lado.
Desde cedo, já voava nas redes sociais a notícia de que a Polícia Federal deflagrara uma operação de combate a uma roubalheira milionária na UFSC. A página oficial da PF no Facebook, seguida por 2,6 milhões de pessoas, destacava a Ouvidos Moucos: “Combate de desvio de mais de 80 milhões de reais de recursos para a educação a distância”. Ainda acrescentava duas hashtags para celebrar a ação: “#euconfionapf” e “#issoaquiépf”. A euforia não encontrava eco nos fatos. Na coletiva, a delegada Érika explicou que, na realidade, não havia desvio de 80 milhões de reais. O valor referia-se ao total dos repasses do governo federal ao programa de ensino a distância da UFSC ao longo de uma década, de 2005 e 2015, mas não soube dizer de quanto era, afinal, o montante do desvio. Como a PF não se deu ao trabalho — até hoje — de corrigir a cifra na sua página do Facebook, os 80 milhões colaram na biografia do reitor. Em seu velório, uma aluna socou o caixão e bradou: “Cadê os 80 milhões?”.
Encerrado seu depoimento, o reitor deveria ficar retido na sede da PF, mas, como a carceragem havia sido desativada, foi para a Penitenciária de Florianópolis, um complexo de quatro pavilhões construído em 1930. Acorrentaram seus pés, algemaram suas mãos e, posto nu, ele foi submetido a revista íntima. Um dos agentes ironizou: “Viu, gente, também prendemos professores!”. Cancellier vestiu o uniforme laranja, foi fichado e passou a noite em claro. Seus dois colegas de cela, presos na mesma operação, choravam copiosamente. Cancellier estava mudo, como que em transe, e cada vez mais sobressaltado com os rigores do cárcere.
Ficou trinta horas na cela na ala de segurança máxima. Teve sintomas de taquicardia: suava muito e a pressão disparou para 17 por 8. Seu cardiologista foi autorizado a examiná-lo, trazendo os remédios que ele havia deixado em casa (desde dezembro, quando implantou dois stents, Cau tomava oito medicamentos). Quando deixou a cela, Cancellier era um homem marcado a ferro pela humilhação da prisão. Sua família o recebeu em clima de festa e alívio. Os irmãos, Julio e Acioli, tinham comprado de tudo um pouco no Macarronada Italiana para um jantar regado a vinho branco Canciller, rótulo argentino escolhido pela similaridade com o nome de origem italiana da família. Também ali estava o filho do reitor, Mikhail, de 30 anos, doutor em direito como o pai, com quem ele mantinha um laço inquebrantável. Mas, entre piadas e risos, Cancellier exibia um semblante sem expressão. “Ele estava chocado. Revivia aquelas cenas o tempo todo”, lembra o irmão Julio, jornalista de 51 anos. Mais que tudo, o reitor estava sendo esmagado pelo peso da proibição de pisar na universidade até o final das investigações. A decisão fora tomada junto com o mandado de prisão e, para o reitor, soou como uma punição cruel.
Depois de ter visto seu nome nas manchetes do noticiário na internet e na TV, Cancellier deu boa-noite a todos e recolheu-se. Não era um homem aliviado pelo fim do martírio da prisão nem reconfortado pelo reencontro com a liberdade. Deixou o jantar como um derrotado. Um dos convivas, o desembargador Lédio Rosa de Andrade, de 58 anos, amigo da infância pobre passada em Tubarão, a 130 quilômetros de Florianópolis, percebeu o peso que o reitor carregava. “Ele entendeu que o episódio deixaria uma marca incontornável em sua biografia”, diz Andrade, colega de colégio de Cancellier.
A UFSC era uma extensão da casa do reitor. Seu apartamento, de três cômodos, onde viveu dezenove anos, dois deles casado e o restante na companhia do filho, fica a 230 passos do câmpus. Nos fins de semana, o reitor fazia uma ronda informal, bem à vontade em seu moletom. Na UFSC, ele teve, para os padrões acadêmicos, uma carreira meteórica. Em apenas dezoito anos, concluiu o curso de direito, fez mestrado, fez doutorado em direito administrativo, virou diretor do Centro de Ciências Jurídicas e, numa eleição acirrada, elegeu-se reitor — cargo que ocuparia por dezesseis meses. Na eleição, a paciência para tecer alianças foi arma decisiva em um jogo embaralhado. “Ele não era um orador brilhante, mas era um articulador que conseguia trazer para o mesmo lado gente de todos os espectros ideológicos”, define o amigo Nelson Wedekin, de 73 anos, ex-senador pelo PMDB local.
Desde a juventude, a rotina universitária era a bússola da vida de Cancellier. Em 1977, aos 19 anos, época em que fazia política estudantil com o cabelo desgrenhado e bolsa de couro a tiracolo, ele se encantou com a universidade. “Não quero nunca sair daqui”, confessou ao amigo Osvaldir Ramos, hoje presidente do Conselho Estadual de Educação em Santa Catarina. Acabou forçado a sair, no regime militar, em decorrência de sua militância no Partido Comunista Brasileiro, o antigo Partidão, e da chamada novembrada: em 30 de novembro de 1979, o presidente João Figueiredo, o último ditador do ciclo militar, baixou em Florianópolis, bateu boca com estudantes na rua e o episódio terminou em pancadaria e prisões. Cancellier teve de desaparecer da faculdade de direito. Ressurgiu cinco meses depois trabalhando em um jornal e acabou tornando-se assessor de políticos, inclusive de Wedekin, função que o levou a se mudar para Brasília. Só voltou à UFSC em 2000, aos 42 anos, para cumprir uma fulminante trajetória acadêmica — e ser de novo expelido da universidade, agora em plena democracia e na condição de reitor, num banimento que lhe pesou como uma suprema humilhação. No muro da universidade, um anônimo grafitou: “Fora Cancellier”.
“A humilhação é a bomba nuclear das emoções”, afirma a psicóloga alemã Evelin Lindner, uma autoridade mundial num ramo da psicologia que estuda o peso da vexação em sociedade e sua relação com atos de violência — como o terrorismo e o suicídio, que, não por acaso, andam juntos. Se a culpa é uma dor que vem de dentro, a humilhação é como uma dor que vem de fora, imposta pelo olhar alheio. É sentida como uma falência em público. Sai cortando fundo no orgulho, na honra, na dignidade, e tende a ficar marcada como uma cicatriz. Escreve o psiquiatra Neel Burton, professor em Oxford e autor do livro Heaven and Hell: The Psychology of the Emotions (Céu e Inferno: a Psicologia das Emoções): “As pessoas que foram humilhadas carregam a marca da humilhação, são lembradas pela humilhação. Em um sentido muito real, elas se tornam a própria humilhação que sofreram”.
Os estudos científicos sugerem que, quando estão em jogo elementos que constituem a razão de ser de uma pessoa, como princípios, posição ou status, o peso da vergonha pode até desfigurar a identidade pessoal e tornar-se insuportável. “Em alguns casos, ser submetido a uma situação vexaminosa gera condutas irracionais e pode desencadear uma resposta violenta, como o suicídio”, diz o professor Helio Deliberador, do departamento de psicologia social da PUC de São Paulo. O filho mais velho de Bernard Madoff, um dos nomes mais cintilantes de Wall Street, suicidou-se depois da descoberta de que seu pai era, na verdade, um farsante que aplicara golpes bilionários. Jacintha Saldanha, enfermeira em um hospital onde a duquesa Kate esteve internada em 2012, caiu no trote de radialistas australianos que se fizeram passar pela rainha da Inglaterra, facilitou o acesso a dados sobre o estado de saúde da duquesa e foi publicamente achincalhada. Matou-se aos 46 anos. Como escreveu Albert Camus em Mito de Sísifo: Ensaio sobre o Absurdo: “Matar-se, em certo sentido, é confessar que se é ultrapassado pela vida e que não a compreendemos”.
Nos dias que se seguiram à sua soltura, Cancellier começou a ser ultrapassado pela vida. “Passou a alternar momentos em que achava que ficaria tudo bem com outros em que mergulhava no desânimo”, diz o ex-senador Wedekin. Em 16 de setembro, dois dias depois da prisão, seu irmão Acioli levou-o para falar com advogados. Ao entrar e sair do táxi, Cancellier tremia, com medo de ser reconhecido na rua e hostilizado. Com o celular confiscado pela PF, quase não atendia o telefone fixo de casa. Não ligava a TV e, ao irmão Julio, disse que cometera “suicídio digital”, pois retirara fotos do Facebook e parara de navegar nas redes sociais. Ensimesmou-se a tal ponto que os irmãos decidiram levá-lo a uma psiquiatra, a primeira vez na vida que buscava ajuda dessa natureza.
A consulta com a médica Amanda Rufino ocorreu em 19 de setembro, cinco dias depois da prisão. Ele saiu de lá com o diagnóstico de “sintomas de stress pós-traumático desencadeados por impactante fator estressor no âmbito profissional” e um quadro de “intensa sensação de angústia, de opressão no peito e taquicardia”. A psiquiatra prescreveu um ansiolítico e um antidepressivo, ambos em doses moderadas. Cancellier tomou obedientemente os remédios e voltou à médica em 29 de setembro, a três dias do suicídio. Ao final da segunda consulta, a psiquiatra comentou com um dos irmãos do reitor que a situação parecia sob controle. “O quadro está evoluindo bem”, disse. A João dos Passos, procurador-geral do estado, o reitor deu uma pista do que sentia: “Vou te confidenciar, João. Meu estado é de pós-catástrofe, como se eu fosse o sobrevivente de uma queda de avião. Não consigo me situar, raciocinar direito”. O amigo Lédio Andrade, com quem o reitor jogava xadrez, descreve um Cancellier irreconhecível: “Seu raciocínio ficou lento e os olhos fixavam o infinito. Não parecia o Cau”.
Em situações normais, o reitor tinha entusiasmadas conversas sobre Shakespeare, Freud e o cristianismo, temas que despertavam sua curiosidade intelectual. Agora, nada parecia atrair seu interesse. O irmão Acioli, engenheiro que mora em São José dos Campos, tentando tirá-lo da clausura de si mesmo, alugou um Fiat Uno e provocou: “Agora você vai me mostrar essa ilha”. Era sempre o irmão ao volante, pois Cancellier, apesar de ter carteira de motorista, só dirigia moto. Nesses passeios, o reitor até relaxava, mas logo voltava a cerrar-se em casa. Em Foz do Iguaçu, sua ex-mulher, Cristiana Jacquenin, de 48 anos, externou seu temor aos mais chegados: “Tenho medo do que ele possa fazer. Ele não vai aguentar ficar longe da universidade, é a vida dele”. Crica, como Cancelllier a chamava, foi uma paixão fulminante — em dois meses, eles subiram ao altar, ele com 28 anos, ela com 18. Conheceram-se no jornal O Estado (que já não existe) e, apesar da separação, mantiveram um elo até o fim. Ela afirma: “Aquela humilhação toda atingiu o Cau. Era como se alguém acertasse com uma bazuca uma escultura de pecinhas bem encaixadas que nunca mais se rearranjariam”.
A Polícia Federal pediu a prisão de Cancellier e outras seis pessoas da UFSC com base em um relatório de 126 páginas. Nele, o reitor é acusado de tentar obstruir as investigações da universidade sobre os desvios de dinheiro com base em apenas dois depoimentos. Em um deles, Taisa Dias, coordenadora do curso de administração, contou à polícia que, certo dia, levou ao reitor suspeitas de uso indevido de verbas no curso que coordena. Cancellier, segundo ela, perguntou se aquilo não seria um “problema de gestão” e, em seguida, lhe disse o seguinte: “Guarda essa pastinha”. Taisa entendeu que, com essa frase, o reitor estava querendo enterrar as investigações. A Polícia Federal, por sua vez, considerou a interpretação de Taisa como uma suspeita suficientemente clara de que Cancellier queria embolar a apuração. A defesa do reitor admite a conversa com Taisa, mas afirma que, ao dizer “guarda essa pastinha”, ele queria lhe pedir apenas cautela nas apurações e nas acusações. Ao reitor, nada foi perguntado sobre suas intenções, antes de ele ser preso.
O outro depoimento foi prestado pelo corregedor da UFSC, Rodolfo Hickel do Prado, um senhor calvo de olhos claros que nunca altera o tom de voz e fez fama de investigador obsessivo no câmpus da universidade. Em novembro do ano passado, o centro acadêmico da faculdade de engenharia postou no Facebook um texto que dizia que a universidade mantinha uma lógica desigual, punitiva para alunos e benevolente para professores. Hickel do Prado debruçou-se sobre a questão. Queria entender o que era aquela lógica desigual. Convocou nada menos do que uma centena de estudantes para depor. A apuração se encerrou sem nada concluir, mas ajudou a sublinhar sua fúria investigativa. Aos que lhe censuram o ímpeto de xerife, Hickel do Prado rebate com segurança pétrea: “Quem faz tudo certo não tem por que ter medo de nada”. (Na terça-feira 7, o corregedor pediu licença médica de dois meses da universidade.)
Em seu depoimento, Hickel do Prado fez cinco acusações ao reitor. Disse que ele lhe recomendou que instalasse uma sindicância, em vez de abrir um processo administrativo, e tentou subordiná-lo a uma secretaria ligada à reitoria. (A defesa do reitor confirma as duas providências, mas diz que eram uma tentativa de evitar os conhecidos excessos do corregedor, e não de sabotar a investigação.) Também afirmou que ele cortou sua remuneração numa “tentativa de constrangê-lo”. (A defesa do reitor afirma que houve uma ampla reforma na UFSC com cortes na remuneração de vários cargos comissionados, e não uma medida exclusiva contra o corregedor.) Ainda acusou o reitor de tê-lo chamado para uma conversa reservada na qual lhe pediu que não apurasse as suspeitas. (A defesa do reitor nega que a conversa tenha existido.) E, por fim, disse que ele lhe pediu para ter acesso formal às investigações depois de ter visitado a Capes, órgão federal que financia o sistema de pós-¬graduação no Brasil, que havia acabado de cortar as verbas para o programa de educação a distância da UFSC. (A defesa do reitor confirma que ele pediu acesso às investigações exatamente para saber as razões que levaram a Capes a cortar as verbas.)
A polícia não ouviu as explicações do reitor, antes de pedir sua prisão. Ainda que os dois depoimentos se limitassem a acusá-lo de tentar obstruir as investigações, a polícia incluiu o nome do reitor em uma lista de doze pessoas suspeitas de terem tido “efetiva participação na implementação, controle e benefício do esquema criminoso”. Não há no inquérito nenhum indício ou acusação de que o reitor fosse membro do “esquema criminoso”, nem mesmo a descrição do que poderia vir a ser esse “esquema criminoso”. VEJA perguntou à Polícia Federal por que Cancellier foi apontado como integrante da quadrilha, mas a PF preferiu não responder.
No final do relatório, na página 123, estão as cinco razões para prender o reitor. O texto afirma que ele:
• “Criou a Secretaria de Educação a Distância para estar acima do já existente Núcleo Universidade Aberta, vinculando-a diretamente à reitoria.” (O inquérito não traz nenhuma prova de que a criação da secretaria tenha relação com desvios de verba.)
• “Nomeou no âmbito do EaD (educação a distância) os professores do grupo que mantiveram a política de desvios e direcionamento nos pagamentos das bolsas do EaD.” (O reitor, ao assumir o cargo, fez mais de cinquenta nomeações. No âmbito do EaD, fez apenas três, e outros três professores que já integravam o grupo antes mesmo de sua gestão foram mantidos.)
• “Procurou obstaculizar as tentativas internas sobre as irregularidades na gestão de recursos do EaD.” (O inquérito, neste caso, baseia-se no depoimento da coordenadora Taisa Dias e do corregedor Hickel do Prado.)
• “Pressionou para a saída da professora Taisa Dias do cargo de coordenadora do EaD do curso de administração.” (É uma afirmação gratuita. O inquérito não informa de onde saiu essa suspeita nem aponta nenhum elemento que lhe dê consistência.)
• “Recebeu bolsa do EaD via Capes e via Fapeu.” (O inquérito também não informa de onde saiu essa suspeita, nem mesmo se existiu alguma irregularidade na concessão das bolsas.)
A juíza Janaína Cassol, da 1ª Vara Federal de Florianópolis, analisou o pedido da PF em 25 de agosto e concedeu as prisões. Sobre o reitor e os outros seis acusados, ela escreveu: “Essas pessoas podem efetivamente interferir na coleta das provas, combinar versões e, mais do que já fizeram, intimidar os docentes vitimados pelo grupo criminoso”. Em 12 de setembro, a juíza pediu licença por problemas de saúde e foi substituída por Marjorie Freiberger. Dois dias depois, em 14 de setembro, a polícia lançou a Operação Ouvidos Moucos e prendeu o reitor e os outros seis. No dia seguinte às prisões, a juíza Marjorie Freiberger, sem que houvesse recurso da defesa do reitor e dos outros seis, resolveu revogar a decisão de sua colega e suspendeu as prisões. Ao contrário da antecessora, a juíza Marjorie não conseguiu ver motivo para tê-los levado para a penitenciária. Escreveu ela: “No presente caso, a delegada da Polícia Federal (refere-se a Érika Marena) não apresentou fatos específicos dos quais se possa defluir a existência de ameaça à investigação e futuras inquirições”. Mandou libertar todo mundo. Até hoje, a advogada do reitor, Nívea Cademartori, não entende por que seu cliente foi preso sem que tivesse a chance de se explicar. “Bastaria que a PF intimasse o reitor para depor, o que seria imediatamente atendido. Há uma banalização das prisões temporárias no país.”
Em seus últimos dias, Cancellier chegou a dar sinais de que não abandonaria o ringue. Em artigo publicado no jornal O Globo em 28 de setembro, quatro dias antes do suicídio, saiu em defesa própria e dos demais professores presos: “A humilhação e o vexame a que fomos submetidos há uma semana não têm precedentes na história da instituição”. O reitor também tentou recorrer da proibição de pisar no câmpus. Alegou que, como orientava teses de mestrado e doutorado, não podia deixar os alunos à deriva. A resposta da Justiça veio no sábado 30 de setembro, dois dias antes do suicídio: Cancellier estava autorizado a entrar na UFSC por três horas em um único dia. A decisão o devastou. “Como pode?”, perguntava. “Se demorar um minuto a mais, serei preso?”
A humilhação a conta-gotas ajudou a reforçar o quadro de stress pós-traumático do reitor, como a psiquiatria define a reação descontrolada do cérebro diante de um evento que está além de sua capacidade de absorção. “É como se o sistema de defesa do organismo entrasse em pane”, compara o psiquiatra Marcelo Fleck, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Maria Oquendo, uma porto-riquenha baixinha que se tornou um gigante da psiquiatria americana e autoridade mundial em suicídio, diz que é dificílimo evitar a morte de vítimas desse tipo de stress. Elas nunca falam em suicídio, embora pensem no assunto constantemente. Um trauma como o que consumiu o reitor vira motivo de obsessão — mas, de acordo com as estatísticas, raramente conduz ao atentado à própria vida.
O reitor foi um dos raros casos. Na véspera de seu suicídio, sabe-se hoje, já estava tudo calculado. Ele recusou o convite dos irmãos para assistir a uma partida de futebol em que o clube de coração da família, o Hercílio Luz, tinha chance de voltar à elite catarinense. Preferiu sair com o filho Mikhail. Almoçaram, ele quis ver se estava tudo em ordem em sua casa, mas recusou-se a ficar para uma sessão de filmes na TV. “Preciso descansar”, despistou. Em vez de descansar, foi ao shopping em que morreria, assistiu a um filme e levou consigo a chave do apartamento, de modo a forçar seu irmão Acioli a dormir em outro lugar. Queria ficar sozinho na última noite. As cinzas de cigarro espalhadas pelo apartamento mostram que fumou ferozmente, quebrando a abstinência imposta pelo cardiologista. Escreveu quatro bilhetes. Um para o filho, outro para os irmãos, um terceiro para um amigo e o quarto carregou no próprio bolso. É o único cujo conteúdo é conhecido. “A minha morte foi decretada quando fui banido da universidade!!!”, diz o bilhete, com a ênfase dos três pontos de exclamação. No dos irmãos, referiu-se à imensidão do amor pelos dois, mas disse que a dor que o dilacerava era maior que tudo. Deixou bilhetes e documentos separados em uma pequena caixa no escritório de casa, encontrada por Mikhail. O filho disse: “O pai cumpriu a missão aqui”.
Até hoje, sabe-se apenas que o “esquema criminoso” durou principalmente de 2005 a 2015, quando Cancellier nem estava na reitoria. A Capes, que investigou o assunto, diz que o “esquema criminoso” era uma coleção de pequenas falcatruas de servidores escroques, sem a dimensão que se divulgou. O coordenador do programa do ensino a distância da Capes, Carlos Lenuzza, não revela detalhes da investigação, mas adianta: “Os valores dos desvios são muito distantes daquilo que se falou”. Até agora, um mês depois do suicídio do reitor, ninguém foi acusado formalmente de nada, e a polícia não chegou ao valor real que foi desviado. Ao ver a notícia do suicídio na TV, Zé, o garçom, desabou. Nem sabia que o amigo de toda a vida era reitor.
submitted by aureliano_babilonia_ to brasil [link] [comments]


2017.02.19 21:56 chegadosmesmos Camisinha Usada Não Engravida e Pílula não influencia no Teste de Farmácia

  1. Camisinha vencida pode estourar fácil. Por sorte se não estourou, tá de boa.
  2. Pílula do dia seguinte pode atrasar a menstruação, não significa que engravidou.
  3. Pílula do dia seguinte não influencia no resultado do teste de farmácia, pode fazer igual.
  4. Tem teste de farmácia por 10,00 reais com 99,9% de precisão, mas deve ser usado após o atraso menstrual.
O SUFOCO OCORRIDO
Ontem fui à casa da menina que estou saindo para assistirmos um filme de repente paahhh... ela me disse que poderia estar grávida. Quem nunca?
Aconteceu que ela foi ao ginecologista de rotina. O médico estava buscando cistos e durante os exames disse que pelas imagens ela poderia “estar no início de gestação”. Nosso último encontro foi há 14 dias, usamos preservativos e nada de anormal ocorreu. Ela explicou ao doutor, mas ele disse somente “Você quem tem que saber. Teve precaução, então não engravidou”.
Após ter me contado ela complementou com aquela famosa frase “maaas eu acho que não estou não”. Eu tive a impressão que ela estava curtindo com a minha aflição. Ela não toma anticoncepcional e estava com a menstruação atrasada 10 dias. Ela fez uso recentemente da pílula do dia seguinte. Eu pensei logo no teste de farmácia, mas não sabia se seria influenciado pela pílula. Para ajudar lembrei que as camisinhas estavam vencidas, isso eu omiti dela por enquanto.
Eram muitas as variáveis e eu não conseguia equacioná-las. Enquanto isso, ela ficava falando na minha cabeça. Não a culpo, ela deveria estar igualmente aflita.
Do celular mesmo fiz uma hora de pesquisa na internet quando descobri as quatro informações listadas acima. Por isso comprei e fizemos imediatamente o teste de farmácia. Deu negativo.
Puta médico sacana, não se dispôs a explicar para a menina as informações em detalhe.
submitted by chegadosmesmos to brasil [link] [comments]


Chamada Do Filme - The Good Doctor: O bom Doutor - Tela ... Como Assistir The Good Doctor 4 Temporada Dublado e Legendado Online !!! DOUTOR NA CASA DE REBOCO 'The Good Doctor - O Bom Doutor' na Sessão da Tarde  Globo (17/04/2019) BAIXAR THE GOOD DOCTOR 2 TEMPORADA DUBLADO (TORRENT) TODOS OS EPISODIOS The Good Doctor 2° Temporada Episódio 4 Legendado Doctor Who especial de natal o 10 Doutor na casa da Rose THE GOOD DOCTOR 2º TEMP DUBLADO EP 1 AO 18 LINK NA DESCRIÇAO.. Como assistir the good doctor (O bom doutor Aplicativo Top para Assistir Séries Completas Dubladas ...

Filmes e séries nas plataformas de streaming em agosto de ...

  1. Chamada Do Filme - The Good Doctor: O bom Doutor - Tela ...
  2. Como Assistir The Good Doctor 4 Temporada Dublado e Legendado Online !!!
  3. DOUTOR NA CASA DE REBOCO
  4. 'The Good Doctor - O Bom Doutor' na Sessão da Tarde Globo (17/04/2019)
  5. BAIXAR THE GOOD DOCTOR 2 TEMPORADA DUBLADO (TORRENT) TODOS OS EPISODIOS
  6. The Good Doctor 2° Temporada Episódio 4 Legendado
  7. Doctor Who especial de natal o 10 Doutor na casa da Rose
  8. THE GOOD DOCTOR 2º TEMP DUBLADO EP 1 AO 18 LINK NA DESCRIÇAO..
  9. Como assistir the good doctor (O bom doutor
  10. Aplicativo Top para Assistir Séries Completas Dubladas ...

This video is unavailable. Watch Queue Queue. Watch Queue Queue 'The Good Doctor - O Bom Doutor' na Sessão da Tarde Globo (17/04/2019) MBC Comercial. ... XFOX - FILMES E SÉRIES 158,001 views. 1:19. 10 MOST VIEWED AUDITIONS OF ALL TIME From Britain's Got ... HOUVE UMA ATUALIZAÇÃO IMPORTANTE VÍDEO COM ATUALIZAÇÃO DO APP: https://youtu.be/kux-IlKFD00 Conheça o Nosso canal de curiosidades sobre Desenhos: https://you... Baixar Série: The Good Doctor Ano de Lançamento: 2019 Gênero: Drama Áudio: Português Legenda: Português Qualidade: 720p e 1080p Áudio: 10 Vídeo: 10 Tamanho: 11 GB e 38 GB Duração: 42 ... The Good Doctor: O bom Doutor filme completo HD #TheGoodDoctor #CineCanal feliz natal pessoal hoje eu estou trazendo essa cena do 10 Doutor passando o natal na casa da Rose escrevam se no canal 02 temporada episodio 00 link do site pra quem quiser assistir os episodio ... WONDER WOMAN 2 Official Trailer (NEW 2020) Gal Gadot, Wonder Woman 1984, Superhero Movie HD - Duration: 2:37. ONE Media Recommended for you Como Assistir 4 Temporada The Good Doctor (o bom doutor) Episodio 1, 2, 3, 4, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12 , 13 , 14, 15 , 16 ep completos Como assistir The Good Doctor ... This feature is not available right now. Please try again later. ... COMO BAIXAR E ASSISTIR O BOM DOUTOR 3 TEMPORADA COMPLETA DUBLADO EM PORTUGUÊS !!! ... FILMES E SÉRIES 21,661 views. The Good Doctor 2° Temporada Episódio 4 Legendado Mega : https://bit.ly/2NP4QgE.